Volta às aulas em 2021: adaptação (ou readaptação?) no retorno à sala de aula

Depois de tanto tempo no “novo normal”, as crianças e jovens voltaram para as salas de aula. Este processo pode parecer, inicialmente, um pouco mais perturbado do que o normal levando em consideração o momento em que vivemos.

Mas não há motivos para se desesperar: a escola está preparada, os professores também… Mas como esse sentimento de “conforto” pode ser ampliado mesmo durante o distanciamento social do ensino presencial?

Fique com a gente para saber mais!

Acolhimento

Foto colorida de aluna (criança) segurando um arco colorido de início de aulas. Ela usa uma máscara e está na frente de um painel do Êxito.

Antes de tudo, é importante que a escola e os professores estejam atentos aos questionamentos das crianças e jovens. Mais do que nunca, o sentimento de acolhimento é essencial para que, mesmo em meio ao “caos” do mundo, ele(a) sinta que tem um porto seguro e pessoas em que pode confiar.

Essa sensação de aproximação — mesmo que a distância — é importante e depende da sensibilidade de cada educador responsável. 

Fortalecer a autonomia

Foto de duas meninas com mochilas de escola e máscara no rosto se cumprimentando com os cotovelos (distanciamento social).

Durante este período de pandemia, muitas crianças voltaram a precisar dos pais para coisas que, antes, elas costumavam resolver sozinhas. Alguns pedagogos apontam, inclusive, para uma “regressão” de hábitos antes conquistados.

Por este motivo, é importante que os pais e/ou responsáveis estimulem e orientem acerca da responsabilidade no ambiente escolar. Não apenas em relação ao habitual, mas orientações de saúde: manter o distanciamento, usar a máscara em todos os momentos, lavar as mãos da maneira correta… 

É preciso deixar claro que, nesse momento, ele (a criança) vai precisar prestar mais atenção a estes detalhes, mas que tudo isso vai passar. Pelo bem dele mesmo, dos amiguinhos, dos professores e da família. Nessa hora, seja didático(a) e explique as razões para aquilo. Ele(a) vai entender.

Material escolar

Foto colorida de materiais escolares e uma máscara.

Por incrível que pareça, a escolha dos materiais escolares, organização de cadernos, máscaras, lápis, canetas, borrachas e lapiseiras ajuda no processo de aceitação. 

É importante, pelo menos nesse momento, que a criança ou jovem sinta que está em um caminho, em uma preparação para algo que está por vir e que pode ser diferente do “novo normal” que ela se habituou. Essa sensação de controle pode ser favorável na adaptação e gera menos insegurança.

A readaptação ao ambiente escolar é um processo. E este processo varia de pessoa para pessoa com base nas próprias experiências de vida. A família tem um papel fundamental nesse momento.

 

Você gostou deste conteúdo? Seu(sua) filho(a) está passando por isto? Deixe a sua experiência nos comentários!

Aproveite para conferir mais conteúdos e dicas no nosso perfil do Instagram: @exitocolegionatal.

Sobre o(a) autor(a):Colégio Êxito

O Colégio Êxito, ao longo de mais de 30 anos de educação de qualidade, dispõe de uma ótima infraestrutura para atender às necessidades dos seus alunos, garantindo o conforto e a segurança de todos. Nossa missão é levar à sociedade uma educação com excelência, honestidade, qualidade, ética e responsabilidade social.

0 comentários

Enviar um comentário

Postagens Relacionadas

Fale conosco
Informações e Matrículas.
Olá!
Gostaria de receber mais informações sobre a matrícula?